domingo, 12 de novembro de 2017

A descoberta do pássaro no meio do caminho

"Ontem, estava voltando para casa quando encontrei o pássaro no meio da rua. Petrificado. Quando passei não se moveu. Como se fosse um animal empalhado. Pensei que estivesse morto. Um carro quase o atropelou. Eu voltei e tentei empurrar para a calçada com o pé. Mas não se movia. Permanecia estático. Fiquei um tempo olhando para ele. Parecia desconectado do corpo. De repente, sem piscar, começou a bater as asas. Demorou muito tempo a me perceber. Quando peguei se agitou. E parou. Senti seu corpo como um coração batendo entre meus dedos. Respirava rápido. Ele voou e ficou empoleirado na grade, e por um tempo olhava fixo o nada. Acho que se ele não fosse embora cinco minutos depois eu estaria lá até agora, tentando descobrir o que se passava em sua cabeça. Pelo olhar vazio de pássaro morto deve ter descoberto a verdade. "

Um comentário:

  1. Mas qual verdade, de que eras somente um pequeno pássaro? Acredito que o pássaro devia ter nascido sob o signo de peixes.

    ResponderExcluir